Ubuntu Linux e Windows

De Ubuntupedia
Ir para: navegação, pesquisa

O Linux e o Windows têm algumas semelhanças e diferenças.

Filosofia

O Linux é o produto do esforço de uma comunidade internacional de desenvolvedores de software que a título voluntário e de forma colaborativa faz evoluir o software livre já existente incorporando novas funcionalidades.

O Windows é um produto comercial de uma empresa multinacional, sendo uma da mais ricas empresas do mundo.

Qualidade

O Linux, ao contrário dalguma crença popular é mais estável e robusto do que o Windows. Esta fiabilidade e robustez deriva essencialmente do facto do código do Linux ser aberto e poder ser consultado por qualquer pessoa. A arquitectura do Linux porporciona uma maior segurança, devido ao seu sistema de permissões.

Facilidade de utilização

O ambiente gráfico Gnome, por padrão instalado no Ubuntu Linux é mais fácil de utilizar e aprender do que o ambiente gráfico do Microsoft Windows.

Instalar aplicações (programas) no Ubuntu Linux é mais fácil do que no Microsoft Windows recorrendo às aplicações já incluídas no Ubuntu. Estas aplicações efetuam o download do arquivo e instalam o mesmo de forma totalmente automática.

  1. Install and remove aplications - Diretório com uma seleção das melhores aplicações. Escolha as que quer ter instaladas e pressione o botão "Aplicar". As aplicações selecionadas serão automaticamente instaladas ou desinstaladas
  2. Synaptic - Ferramenta de pesquisa e instalação de aplicações
  3. Linha de comandos - Instalar uma aplicação pela linha de comandos

Ver a página Instalar e desinstalar programas para mais informação

As principais dificuldades de utilização do Ubuntu Linux derivam do fato de alguns usuários procurarem resolver os problemas do Linux da mesma forma que os resolveriam em Windows. Linux e Windows são diferentes. Um usuário que migre de Linux para Windows sentirá o mesmo tipo dificuldades

Preço

O Linux é um sistema operativo livre e na maioria dos casos (por exemplo no caso do Ubuntu) legalmente gratuito. O que significa que pode criar uma empresa e instalar as cópias de Linux que quiser sem quaisquer custos (excepto o download e o preço de um CD virgem. Quase todas as aplicações para Linux são gratuitas, dispondo o mesmo de boas aplicações livres em práticamente todos os domínios.

O Windows é um sistema operativo da Microsoft proprietário, ou seja tem que pagar para obter cada cópia. Além do sistema operativo em Windows é imperativo dispôr de um bom antivirus, normalmente pago se fôr para fins comerciais e uma boa Firewall, normalmente também paga, especialmente se fôr para fins comerciais. Existem também softwares gratuitos para Windows, muitos dos quais são os mesmos que existem para Linux.

Devido á liberdade dos sistemas Linux é possível instalar sistemas comerciais, aprender e desenvolver software com custos muito reduzidos. As soluções tradicionais da Microsoft equiparáveis têm custos elevados, quando comparadas com as soluções sem custo do Linux

Periféricos e processadores

O Windows suporta mais periféricos do que o Linux, desde que instalados os drivers apropriados. O Linux pode ser instalado em mais tipos de processador. Pode ter Linux em processadores compatíveis com Intel x86 (os que usam Windows), mas também em PowerPC, computadores de 64bits, SPARC, X-Box, Playstation 2, etc...

Aplicações

  • Existem muito mais aplicações pagas para Windows do que para Linux.
  • Existem melhores aplicações livres para Linux do que para Windows.
  • Existem mais jogos para Windows do que para Linux, embora também estes pagos
  • O Ubuntu Linux dispõe de excelentes aplicações livres e gratuitas que cobrem todas as necessidades de 95% das empresas.

Utilização

Não é obrigatório deixar de ter Windows para ter Linux. Tendo Windows pode ter Linux de forma gratuita instalando o Ubuntu Linux. Tendo Linux terá que pagar por uma cópia de Windows para o obter legalmente.

Não é obrigatório adquirir o Windows quando compra um novo computador, se este puder funcionar em Linux.

Existem mais computadores domésticos com o Windows do que com o Linux. Existem mais servidores com Linux do que com Windows.

Migração para Linux

Ver a página Migrações programadas para Linux

Erros (Bugs)

Ambos o Windows e o Linux têm bugs (erros), embora seja normalmente possível resolver os mesmos em Linux sem custos extra. Muitos dos erros das aplicações para Windows são corrigidos comprando uma nova versão da aplicação.